Estágio Pepal – Aviso 1/2015

Estágio Pepal – Aviso 1/2015

Torna-se público, nos termos e para os efeitos do n° 1 do artigo 6° do Decreto-Lei n° 166/2014, de 6 de novembro conjugado com o artigo 3° da Portaria n° 254/2014, de 9 de dezembro que se encontram abertas, pelo prazo de 8 (oito) dias úteis, contados da data da publicitação do presente aviso no sítio da internet da Freguesia de Rio Maior candidaturas aos procedimentos de recrutamento e seleção de um estagiário, no âmbito da 5′ edição Pepal – Programa Estágios Profissionais na Administração Local.

Destinatários

Jovens entre os 18 e os 29 anos de idade possuidores de licenciatura, nível VI, que se encontre nas seguintes condições:

  1. À procura do primeiro emprego, desempregados à procura de novo emprego ou à procura de emprego correspondente à sua área de formação e nível de qualificação;
  2. Que tenham até 29 anos de idade, inclusive, aferidos à data do início do estágio;
  3. Em situação NEET (Not in Education, Employment or Training), isto é, jovens que não estão a trabalhar, não estão em estágio, que não estão a estudar e que não estão a frequentar formação;
  4. Inscritos no Instituto de Emprego e Formação Profissional.

Número de estágios: 1- Na área da Engenharia Florestal/Engenharia Florestal e dos Recursos Naturais/Ciências Florestais e Recursos Naturais

Local de realização do estágio: Freguesia de Rio Maior

Duração do estágio: 12 meses.

Métodos de seleção: Avaliação Curricular com ponderação de 40% e Entrevista Individual com ponderação de 60%.

A entrevista Individual terá a duração de 30 minutos e visa avaliar, numa relação interpessoal, informações sobre comportamentos profissionais diretamente relacionados com as competências consideradas essenciais para o exercício da função.

 

Mais informações – Download Edital

Download Formulário Candidatura

Lista de Ordenação Final – 1 Agosto 2014

Torna-se público, considerando o previsto n.º 6 do artigo 46.º do anexo à Lei n.º 35/2014, de 20 de Junho, que aprovou a Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas, que a Junta de Freguesia de Rio Maior, em 22 de Julho de 2014, homologou a lista de ordenação final do período exprimental que comprova a sua conclusão com sucesso, sendo o respetivo tempo de duração contado para efeitos de carreira e categoria do trabalhador Carlos Alberto Montez Dias, na sequência de procedimento concursal comum para constituição de relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado para assistente operacional-cantoneiro.

1 de Agosto de 2014, O Presidente da Junta de Freguesia
Luís Filipe Santana Dias, Eng.

Procedimento concursal comum – Aviso n.º 10420/2013

Nos termos do disposto no n.º 1 do artigo 19.º da Portaria n.º 83 -A/2009, de 22 de janeiro, alterada e republicada pela portaria n.º 145 -A/2011, de 6 de abril e nos termos do disposto no artigo 50.º da Lei n.º 12 -A/2008, de 27 de fevereiro e nos n.os 6 e 7 do artigo 6.º da referida lei, com as alterações da Lei n.º 64 -A/2008, de 31 de dezembro, da Lei n.º 3 -B/2010, de 28 de abril, da Lei n.º 34/2010, de 2 de setembro, da Lei n.º 55 -A/2010,
de 31 de dezembro, da Lei n.º 64 -B/2011, de 30 de dezembro e da Lei n.º 66 -B/2012 de 31 de dezembro, torno público que por deliberação da Assembleia de Freguesia de 20 de junho de 2013, conjugada com as deliberações da Junta de Freguesia de 11 e de 25 de junho de 2013, se encontra aberto pelo prazo de 10 dias úteis, a contar do dia seguinte ao da data da publicação deste aviso no Diário da República, 2.ª série, procedimento concursal comum.
1 — Identificação e caracterização dos postos de trabalho: Referência A — 1 posto de trabalho na modalidade de contrato de trabalho em funções públicas, por tempo indeterminado — Carreira/ Categoria de Assistente Operacional — Cantoneiro — Para exercer funções de complexidade funcional de grau 1, para desempenhar atividade no Serviço de conservação e limpeza de estradas bermas e caminhos:

  • Executa pequenas reparações e desimpede os acessos;
  • Limpa valetas, compõe bermas, desobstrui aquedutos e sistemas de drenagem de águas pluviais;
  • Executa corte em árvores existentes nas bermas das estradas;
  • Utiliza corta -silvas; Assegura as demais limpezas que lhe forem determinadas.
  • Executa tarefas de apoio elementares, indispensáveis ao funcionamento dos órgãos e serviços, podendo comportar esforço físico.
  • Responsabiliza -se pelos equipamentos sob sua guarda e pela sua correta utilização, procedendo, quando necessário, à manutenção e reparação dos mesmos.
  • Ler mais… (PDF)

Formulário de Audiência

Formulário de Candidatura

—————————————————-

Resultados Obtidos na Avaliação Curricular – Referência A

Resultados Obtidos na Avaliação Curricular – Referência B

Resultados Entrevista

Lista de Ordenação Final

Lista Unitária de Ordenação Final

—————————————————-

Contrato de trabalho Ref. 1

Contrato de trabalho Ref. 2