Arco da Memória

Arco da Memória– O Arco da Memória que actualmente existe é uma reconstrução do original e está situado em casais da memória que pertence à freguesia de Vidais e ao Concelho de Caldas da Rainha.
Mas o verdadeiro Arco da Memória situa-se a uma zona a que já se pertence a Rio Maior.
Segundo se diz, em 27 de Setembro de 1147 vindo o rei D. Afonso Henriques de Coimbra em direção a Santarém com o objetivo de conquistar o castelo da cidade aos mouros.
Estas doações eram necessárias pois o território português era muito despovoado e era importante proteger os territórios conquistados, repovoar estes e incentivar a agricultura.
Com o intuito de homenagear o rei, os monges de Cister pertencentes ao Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça mandaram construir diversos monumentos dos quais este arco faz parte. Inicialmente só havia uma estátua mostrando D. Afonso Henriques empunhando a sua espada, mais tarde é que foi construído o arco para suportar a estátua. As dimensões do arco seriam de cinco metros de altura, seis de largura e um de espessura.

Fontes de pesquisa: http://rio-maior-cidadania.blogspot.pt/2010/04/arco-da-memoria.html